quarta-feira, 21 de janeiro de 2009

(*)

Horas e horas a conduzir...
Depois do vento, da chuva, do gelo e da neve...
Eis que a natureza me presenteia com esta beleza...
Quem diria...
num dia cinzento , quase negro...
Um Arco-Iris ...
para dar cor ao meu olhar...


Um beijo meu Pai...
(*)

15 comentários:

rosa dourada/ondina azul disse...

Se continuares, encontrarás o Tesouro que o Arco-Iris esconde...

Depois de um momento difícil, aparece um outro,
Belo para dar alento:)))


Beijo com muito carinho por ti:)))

Ailime disse...

Que na beleza do Arco-íris encontres um raiozinho de luz que te ajude a iluminar o teu coração!
Beijinhos de Luz, com todas as cores do Arco-íris.

Ailime disse...

Que na beleza do Arco-íris encontres um raiozinho de luz que te ajude a iluminar o teu coração!
Beijinhos de Luz, com todas as cores do Arco-íris.

Pena disse...

Lindíssima Amiga:
VOCÊ e o seu olhar fascinam de pureza e beleza num poema doce e eternecedor.
Fez bem em dar um Beijo ao seu Pai.
Um Excelente Pai, gigante de certeza absoluta.
Bem-Haja, amiga!
Beijinhos amigos de uma estima e enorme respeito.

pena

OBRIGADO pela sua simpatia expressa no meu "cantinho".
Adorei!

Brancamar disse...

Bonita homenagem a teu pai. Pelas tuas palavras perpassam os dias cinzentos da saudade, mas que é compensada por esse arco-íris que trouxe côr ao teu olhar.
Os que amamos estão sempre num arco-íris de belas recordações ou nas estrelas do nosso firmamento.
Um beijinho para ti.
Branca

elvira carvalho disse...

A saúde debilitada de meus pais, ele internado no hospital onde foi amputado a uma perna, ela em casa, mas totalmente dependente, teem-me impedido de visitar os amigos virtuais e reais.
Um abraço e uma boa semana

markus disse...

U.M.,
Bonita imagem q coloriu o teu olhar.
Cumprimentos tb p o pai. Uma boa semana.bjos*************

vagabundo disse...

Sou Pai.
E, um dia quando for(não sei se algum dia o serei), queira deus tenha feito tanto assim...
que sempre que ela necessite, eu esteja lá...
Arco-iris aceso no seu horizonte,
colorindo-o.

um bj, aceso de cor...
e sentido.

vagabundo disse...

Desculpa não ter passado antes.
Não!Desculpa não ter falado antes, mas tenho estado sempre aqui...amiga.

Mário Margaride disse...

Olá...!

Voltei querida amiga!

Depois de cerca de um mês de ausência, voltei com um novo espaço, para convosco partilhar sonhos e emoções.
Como tudo na vida, há momentos em que precisamos de descansar, e eu precisei de um curto, mas necessário interregno. Mas aqui estou de novo, para fazer o que gosto, escrever as minhas emoções.

Ao mesmo tempo, quero desejar-te uma excelente semana!

http://somesmotu.blogspot.com/ "UNIVERSO DAS PALAVRAS"

Beijinhos de amizade

Mário

poetaeusou . . . disse...

*
a mãe aos filhos dá beijos.
mas o pai, sem os beijar,
dá-lhes mais beijos que ela,
,
do meu imaginário,
,
conchinhas irisadas, deixo,
,
*

O Profeta disse...

A terra adormece no nevoeiro
Tenho a pressa do vento
Um coração errante procura
A doçura de terno momento

Frágil e palpitante luz
A beleza voa com a manhã
O mar solta na terra ternos murmúrios
Perde-se na espuma toda a palavra vã


Dança comigo ao som da Lira


Boa semana


Mágico beijo

manzas disse...

Olá bom dia!

Passei para agradecer o belo comentário e pela visita ao meu blogue…
É sempre bom estar aqui e ler o que escreve…
Um resto de uma boa semana, inundada de paz.

Há dias…
Em que acordamos chuvosos
Ensopados em saudades choradas
Sentimentais, românticos
Emotivos, fantasiosos…
Amarrados em manhãs geladas

O eterno abraço…

Mário Margaride disse...

Querida amiga,

Voltei aqui, para te desejar uma noite muito tranquila, e um excelente dia de quinta feira!

Beijinhos

Mário

impulsos disse...

Um momento de rara beleza que encontro aqui...

Obrigado!

Beijo