sábado, 31 de janeiro de 2009

"Procuro-me..."

Procurava-me algures por aí ...
Num passeio junto ao mar...
No horizonte distante perto do céu...
Fui encontrar-me na minha sombra ...
Na terra... entre raízes... de verdes ervas...
Que estavam ali tão perto...
Do meu "Eu"...

(*)

40 comentários:

Ailime disse...

Muito lindo o teu poema.
Por vezes necessitamos da fragrância da maresia, de admirar o azul do céu, para nos reencontrarmos com nosso verdadeiro “eu” no seio verde esperança da Mãe natureza, que tanto nos ama.
Um grande beijinho.
Desejo-te um excelente domingo.

Mimo Azul disse...

Por vezes o que procuramos está mesmo ali :)
Basta que porcuremos com atenção!!
bjcaa

Justine disse...

É onde nos encontramos com mais verdade - nas nossas raízes!

Nuno de Sousa disse...

Esse teu eu é facil de encontrar pois é uma mulher maravilhosa... um belo eu :-)
Bjs em ti amiga e um aboa noite,
Nuno

Popper disse...

Lindo. Palavras para quê? É só saborear. Um Bjo Grande.

Dias disse...

Que fixe, o Poema, e espectacular, a photo!

Duas vezes parabéns.

Um beijo grande num abraço enorme

poetaeusou . . . disse...

*
algures
entre raízes
o horizonte passeia-se
junto ao céu,
pertinho do Eu . . . Teu,
,
conchinhas,
,
*

Å®t Øf £övë disse...

Seja na terra, no mar, ou no céu, há sempre um momento em que finalmente nos encontramos.
Bjs.

vagabundo disse...

Perdeste-te na vida...

Foste enganada pela sorte.
E de Esperança perdida,
Esperaste até...
a Morte!

Uma palavra amiga um carinho...
A conversa partilhada entre um copo de vinho...
Foram-se para não voltar;
Cavalgando a face aguda da vida,
Que te rasgou profunda ferida,
E o coração te fez sangrar.

Até que despiste no tempo,
Profundas dores... as agruras!
Que soltaste ao vento,
Entre caprichos. Loucuras!

E Suspiros e ternos gemidos,
Nos braços de outros ficaram.
Em tempos que atrás perdidos,
Todos os prazeres te negaram.

Agora;

Muito merece ser amado,
Quem como tu, tanto sofreu.
Tendo ficado bem fundo trancado,
O Passado que passou...
Morreu!

Não deixaste que a mágoa
Se instalasse em ti.
Deste a volta por cima
E disseste:

“Não! Já Sofri.”

bj...
vencedora.

Dennys Reys disse...

O encontro consigo mesmo é assutador e ao memso tempo gratificante; pois ali percemos oq uanto temso de melhorar.

Jacinta Correia disse...

Que felizes os momentos de reencontro com o nosso "eu". Bj

Å®t Øf £övë disse...

Vim desejar-te um feliz carnaval cheio de divertimento.
Bjs.

Goddess Night disse...

Lindo...Linda!

Pedrasnuas disse...

É muito positivo encontrar-se...seja onde for!!!

ecos de palavras disse...

Ola minha querida Momentos... comentei no teu outro blog... e aqui estou novamente.

Escreves com a alma... e é assim que aprecio a poetisa!

Beijinhos...Momentos!

Maria valadas

Goddess Night disse...

Puxa que saudades Miga!!!
Faz-me um favor, publica, oferece-me através de outra janela aquele desenho que um dia fizes-te...Oh tou triste. Beijo bom e abraço melhor ainda...................:(

Marta disse...

lindo poema...
beijinhos

Mário Margaride disse...

Querida amiga!

Perdida no universo das palavras, te encontro aqui, revisitando o teu "eu", Tentando encontrar-te, reencontrando-te, em ti.

Belo poema!

Beijinhos doces...como muita saudade...

Mário

Sandokan disse...

Certamente que o caminho para a felicidade não é fácil de encontrar. Porém, há uma frase célebre de Aristóteles com a qual eu concordo plenamente: "A felicidade é feita por nós próprios". Assim, se desejamos encontrar a felicidade, nós é que temos de construí-la, tentando criar um mundo (interior e exterior) que nos satisfaça mais verdadeiramente. É importante estarmos em harmonia connosco próprios, fazermos aquilo que gostamos, que realmente nos faz sentirmo-nos bem (como por exemplo: ouvir música, ler ou apenas relaxar), nem que seja, apenas, uma hora por dia, bem como estarmos rodeados de pessoas que nos confortam, que nos dão carinho e uma palavra amiga e tentarmos, ao máximo, fugir de ambientes que nos deprimem e nos stressam. Mas, não podemos estar passivamente à espera que a felicidade venha até nós ou que alguém a traga simplesmente. A receita para a felicidade é simples, nós é que a complicamos... É importante lutarmos pela nossa felicidade, mas, igualmente, pela dos outros, uma vez que da deles depende a nossa. Por isso, se não custa, assim, tanto ser felizes do que é que estamos à espera?! É que a vida é demasiado curta para sermos preguiçosos...

Popper disse...

Então, o regresso? Bjo.

escarlate.due disse...

e é tão bom quando nos encontramos, não é Momentos?!

já tinha saudades de aqui vir... mantem-se a tranquilidade...
:)

beijooooooo foryou

Ailime disse...

Querida" Momentos",

"Na Solidão, onde estamos menos sós".
De:Lord Byron (1788-1824).

Deixo-te um beijinho com muita paz e tranquilidade.

Santa Páscoa.

elvira carvalho disse...

Desculpe a ausência, mas este tem sido um tempo mt difícil em que quase não tenho andado pela Net. Meu pai faleceu no fim do mês de Março, e minha mãe, está a reagir mt mal a uma ausência forçada do companheiro de 63 anos.
Um abraço

manzas disse...

Num traço de avião, desvendo o teu rosto,
Rosto de nuvem em céu azul, luz do infinito…
Infinito desfasamento de Poalhas em fundo fosco,
Fosco cálice vazio que cala a voz de um grito!

Grito queimado nas cinzas de um cinzeiro,
Cinzeiro apagado de um quarto de hotel perdido…
Perdido por um ardente amor, enamorado por inteiro!
Inteiro o calor de um corço que arde consumido.

Que nesta Páscoa receba muitas bênçãos,
Que esta passagem lhe traga
Muito amor, saúde, paz e esperança…

Lhe desejo
Uma FELIZ PÁSCOA!
Bem-haja!

O eterno abraço…

-MANZAS-

Maria Faia disse...

Amiga,
Hoje venho desejar-te uma Páscoa Feliz, com muita Luz e muito Amor que irradiem por todos os dias da tua vida.

Um abraço Amigo,
Maria Faia

joão oliveira disse...

Quando nos encontramos e quando encontramos quem queremos é o culminar do desejo.

Beijinhos e momentos bons neste fim de semana

O Profeta disse...

Um Violoncelo reage ao toque
Vibram as cordas, solta-se a melodia
Das mãos escultoras das notas
Saem afagos de sonora magia

Uma alma reage aos acordes
Um coração bate ao compasso
Uma voz entoa dolentemente
Um corpo deseja o abraço


Boa semana


Doce beijo

Auréola Branca disse...

Onde há pássaros há vida.
Feliz por estar aqui novamente...

Abraços saudosos.

Å®t Øf £övë disse...

Passo por cá hoje só e apenas para te deixar um beijinho.

Brancamar disse...

Olá minha amiga. Também eu tenho andado menos presente mas não esquecida.
Vim matar saudades e gosto sempre do que leio e das imagens.
Espero que estejas bem e o teu filho também.
Beijinhos.

joão oliveira disse...

Minha amiga, o que se passa contigo? Se puder ajudar em algo, diz.
Espero que esteja tudo bem contigo e com os teus. Sinto saudades dos teus escritos e boa disposição, não te conheço pessoalmente, apenas aqui da blogosfera, mas deves ser uma óptima pessoa.

Beijinhos e bom fim de semana.

Ailime disse...

Amiga,
Deixo-te um beijinho fazendo votos para que o Senhor da Luz te encha o coração de muita alegria e fortaleza.
Bom Domingo.

sónia disse...

Simplesmente fabuloso!

Como em tão poucas palavras se pode dizer tudo!..

um bj

Brancamar disse...

Que é feito de ti?
Tenho sauddaes.
Beijinhos
Branca

Kapikua disse...

Espero que te tenhas encontrado, e já agora se me vires por aí(nessa procura)avisa-me que eu tb ando meio desencontrado comigo mesmo!

Beijo

Maria Faia disse...

Querida Amiga,

Venho até tua casa hoje, primeiro dia da nova década para te desejar as maiores Felicidades todos os dias da tua vida.

Beijo amigo,
Maria Faia

poetaeusou . . . disse...

*
por onde anda
esta menina ?
,
conchinhas,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Gostei do teu postado !
,
retorno
e o meu regresso
tem as asas da boa vaga
esquecendo a onda amarga
tão triste no seu quebrar,
porém, é belo o seu trovar,
ecos fortes e salgados,
na Paz , “standarizada” !
dos meus votos sagrados,
que aqui deixo, bem expresso !
,
conchinhas, muitas, para ti !
*

► JOTA ENE ◄ disse...

Olaaaaaaaaaa !!!!!!!1

JPAnunciação disse...

Muito me agradou ler este poema tão límpido como enevoado (por nós).
Procurar quando tudo está tão perto.
Parabéns.
JP